Foi a sua intenção?

Oláaa! Como foi o começo da semana por aí? Espero que bem 🙂 eu sinto que estou começando essa semana com mais calma e mais equilíbrio, semana passada eu acabei extrapolando um pouco o limite de ser produtiva. No texto dessa semana eu queria conversar sobre intenção

Por que você faz o que faz?

Sabe, ultimamente eu tenho pensado mais sobre os conteúdos que produzo pra internet e aprendi muita coisa. Foram semanas muitos legais 🙂 conversei com muita gente que produz no Instagram, no Youtube, na Twitch ou podcast e percebi que a motivação que te impulsiona a fazer o que você faz é muito importante no processo criativo e nos frutos que você colhe. Por exemplo, se eu produzo sem nenhum objetivo, eu não vou saber com clareza quais frutos colhi e muito menos para onde estou caminhando. Claro que não é porque você não tem uma motivação ou intenção que você não pode produzir para a internet, mas eu entendi que ser intencional é uma coisa muito poderosa.

A intenção

Eu decidi ser intencional em gerar um impacto na vida das pessoas que consomem o conteúdo que eu produzo. O mesmo impacto que Cristo gera em mim 🙂 Quero tirar da zona de conforto, fazer refletir, acolher e impulsionar cada uma das pessoas que passam pelo meu feed, pela minha live ou ouvem meu podcast. Fui chamada a ser como Cristo é e eu sei que pelas minhas forças eu não consigo, mas Deus está comigo o tempo todo e por onde eu andar 🙂 Da mesma forma, se você O convidar a fazer parte da sua vida, Ele também estará com você para sempre!

Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”.

Josué 1:9

Sem querer

Mas mesmo quando não temos a intenção de algumas coisas, podemos acabar colhendo frutos inesperados… Às vezes podem ser bons frutos, quando fazemos algo pensando em servir alguém e acabamos sendo recompensados por isso, mas também podemos magoar alguém sem intenção. Só porque não tivemos a intenção de machucar não significa que não precisamos nos responsabilizar por nossos atos. Colher coisas que não esperávamos é sempre uma oportunidade de crescer e melhorar (apesar de ser frustrante e algumas vezes nos deixar tristes). Somos seres humanos e não conseguimos acertar em tudo ou prever todas as coisas, por isso às vezes colhemos frutos de algo que não tínhamos a intenção. Toda essa reflexão só me lembra que sou alguém limitada e que depende da Graça de Deus. Eu realmente quero me planejar e fazer com intencionalidade, mas tenho minhas falhas e preciso sempre lembrar que a graça de Deus me basta.

Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim.

2 Coríntios 12:9

É isso 🙂 espero que este texto tenha sido relevante para você! Se ele te impacto de alguma forma, sinta-se livre e convidado a compartilhar aqui nos comentários o que você pensa sobre o tema. E se enquanto você leu lembrou de alguém compartilhe com ela, quem sabe este texto possa ser útil pra ela também ~

Em amor, Dory ❤

Por que você joga jogos?

Oi oi 🙂 tudo bem? Espero que sim! Por aqui as coisas estão bem agitadas, mas tem muita coisa legal rolando por aqui hahaha. E sabe, muitos dos projetos que eu estou trabalhando agora são frutos de jogos, mais especificamente, jogos eletrônicos, acredita? Acho que você já ouviu muitas coisas sobre jogos eletrônicos, desde pontos positivos, quanto negativos e hoje, neste texto quer compartilhar o que os jogos causam na minha vida.

Perseverança

Eu sempre amei jogar jogos eletrônicos, principalmente jogos que tinham modo história e de um jogador só e uma das razões que me prendiam nesses games era o progresso. Não importava a quantidade de vez que eu falhava em uma fase, cada derrota era um motivador para eu tentar mais uma vez passar aquele desafio. Eu sou um pouco 8 ou 80, algumas coisas que realmente me despertam o interesse e me fazem perseverar, enquanto outras eu simplesmente desisto nas primeiras 3 vezes hahaha. Então uma das coisas boas que os games despertaram em mim foi a perseverança.

Confiança

Uma das lições mais recentes que tive jogando jogos eletrônicos foi aprender a confiar na minha capacidade. A insegurança é uma característica quase nata ao meu ser hahaha mas pela graça de Deus estou aprendendo a ver em mim mesma a capacidade que Deus me deu e desenvolveu em mim. Humildade não é negar as habilidades e talentos que Deus me deu mas simplesmente saber que tudo o que sou vem do Pai e é para Ele. Meu namorado e alguns amigos já vinham me falado que eu teria tido melhor desempenho em algo do jogo se tivesse confiado na minha capacidade.

Relações

Acredito que o melhor presente que os jogos me deram foram as amizades. Apesar dos mundos dos games ser um tanto quanto tóxico e agressivo (por favor, note a minha ironia aqui) eu também encontrei muitos amigos e parceiros através dele. Hoje eu faço lives jogando (clica aqui pra conhecer o meu canal ❤) e muitos dos meus espectadores são pessoas com as quais eu joguei e apresentei meu canal. Além disso graças aos jogos hoje eu participo de alguns projetos e posso servir a muitos jogadores ^^ Resumindo tudo o que eu disse aqui, os jogos eletrônicos têm sim o seu lado negativo e destrutivo, no entanto eu aplico neles um dos versículos mais aplicáveis no nosso dia a dia que são:

“Tudo me é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo me é permitido”, mas eu não deixarei que nada domine.

1 Coríntios 6:12

Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.

1 Coríntios 10:31

E é isso 🙂 se esse texto foi útil pra você, curte, comenta e compartilha com a sua galera ❤

Em amor, Dory ❤

Páscoa e transformação

Oláaa 🙂 como foi o domingo de Páscoa aí? Espero que muito bem e que tenha sido um momento muito legal em família. E não tem como a Páscoa não ser o tema do texto da semana, né? Quero compartilhar dessa vez o que eu tenho aprendido sobre esta data tão especial e o impacto que ela causou na humanidade. Bora lá?

A primeira Páscoa

Vamos para o básico primeiro, você sabe o que é Páscoa? Se eu fosse resumir em apenas uma palavra a Páscoa seria transformação. Eu sei que não é uma palavra muito usada, mas ultimamente Deus tem me contado o quanto a transformação é uma das partes mais importantes da Páscoa. E pra eu poder explicar melhor precisamos voltar no tempo, para a primeira celebração da Páscoa, ou seja, na época em que o povo de Israel estava na terra do Egito durante o governo de um faraó que não conhecia a história de como esse povo chegou nas terras egípcias. O povo estava sofrendo nas mãos desse governante desinformado, eles eram como escravos e precisavam trabalhar muito, além de serem oprimidos pelos egípcios. E no meio de todo esse sofrimento Deus levantou um resgatador, um líder que os libertaria. A Páscoa aconteceu quando Deus enviou a última praga (da famosa histórias das 10 pragas do Egito) e foi um mandamento de Deus, pois esta seria a última praga e o povo estaria livre na manhã do dia seguinte. Em resumo, a primeira Páscoa foi a celebração adianta da liberdade. A Páscoa como a conhecemos hoje, também é uma celebração de liberdade.

A Páscoa hoje

E hoje, nós celebramos e relembramos a morte e a ressurreição de Cristo. Provavelmente você já deve ter ouvido esta história, ainda mais hoje, por isso ao invés de, mais uma vez, contá-la, quero compartilhar sobre um detalhe que muitas vezes não percebemos. Já reparou que a celebrar a Páscoa é celebrar a transformação, mesmo antes de concretamente vermos ou vivermos libertação (seja do Egito em direção à terra prometida, quanto a libertação do pecado e da morte). Pois, quando a primeira Páscoa foi celebrada, Deus deu a seguinte ordem para o seu povo:

Ao comerem, estejam prontos para sair: cinto no lugar, sandálias nos pés e cajado na mão. Comam apressadamente. Esta é a Páscoa do Senhor.

Êxodo 12:11

E quando Jesus realizou a ceia na noite em que seria entregue para a morte, Ele disse:

Tomando o pão, deu graças, partiu-o e o deu aos discípulos, dizendo: “Isto é o meu corpo dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim”.
Da mesma forma, depois da ceia, tomou o cálice, dizendo: “Este cálice é a nova aliança no meu sangue, derramado em favor de vocês.

Lucas 22:19-20

Ou seja, em ambos os casos, somos ordenados a celebrar o que há de vir.

Transformação

Será que nós estamos vivendo esta vida nova que Cristo nos deu já no presente? Não sei se você sabe, mas Cristo não veio apenas para nos dar a vida eterna. Claro, que a vida eterna que recebemos de Cristo é maravilhosa, mas Jesus quer transformar a nossa vida hoje também! Que vivamos hoje, o que há de vir e que de fato já chegou! Vivamos hoje a vida de um cidadão do Reino de Deus 🙂 Esta é a minha reflexão nesta noite de domingo de Páscoa, certamente é um desafio tremendo viver o que ainda não podemos ver com nossos olhos físicos, mas isso que é fé, não é mesmo?

Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.

Hebreus 11:1

Bom, é isso! Espero que estas palavras tenham feito sentido pra você 🙂 Sinta-se livre para enviá-las a alguém que você acredita que pode ser impactado.

Em amor, Dory ❤

Wild Rift e a boa notícia!

Olá! Como estão as coisas por aí? Espero que bem, por aqui eu passei o dia animada para jogar Wild Rift hahaha. Se você acompanha o mundo dos games você já deve saber o que é, mas caso você não saiba, eu vou te explicar rapidinho: Wild Rift é o mais novo jogo mobile da Riot Games! É basicamente o League of Legends (outro jogo da Riot Games), ou só LoL, na versão mobile com algumas pequenas alterações. Eu sei que parece um pouco estranho que mas toda essa movimentação e entusiasmo com o lançamento do Wild Rift me fez refletir em algumas coisas.

A surpresa!

Sabe, a comunidade gamer (principalmente a galera que gosta de LoL) ficou muito animada para o lançamento do Beta hoje, mas nós fomos surpreendidos quando ao final da tarde de ontem, início da noite, alguns jogadores começaram a relatar que já estava conseguindo baixar o jogo. Como a expectativa para o lançamento era muito grande, a notícia logo se espalhou! Eu também, quando soube, através de um grupo do Whatsapp, logo fui tentar baixar e quando percebi que o jogo estava baixando voltei ao grupo pra retificar que a notícia era verdadeira. E enquanto eu pensava sobre o que iria compartilhar aqui no blog eu me lembrei de uma história bíblica, você consegue adivinhar qual?

A boa notícia

Provavelmente você já ouviu a história de que Jesus ressuscitou, certou? Mas você sabia que essa maravilhosa informação só chegou até você porque ela viveu um processo bem semelhante ao que o lançamento do Wild Rift teve? Pois é! Quando Jesus foi crucificado, todos os seus discípulos e seguidores ficaram triste e bem desanimados… Mas no terceiro dia depois da sua morte algumas mulheres apareceram contando que ele havia ressuscitado! Era uma notícia boa demais para ser verdade, então alguns dos discípulos de Jesus foram até o lugar onde Jesus havia sido sepultado e confirmaram que ele já não estava mais lá, que maravilha! E pra confirmar de vez a sua ressurreição, Jesus apareceu a muitas pessoas, e não foi só uma aparição não, a Bíblia relata algumas delas nos evangelhos. Se você achou a notícia sobre o lançamento do Wild Rift boa você precisa ouvir a boa notícia sobre Jesus então 🙂

A melhor notícia de todas

Que Jesus morreu e ressuscitou você já entende, mas você conhece a história completa? Você sabia que o motivo de Jesus ter morrido foi eu e você? Você pode estar se perguntando agora: “Mas como assim? Eu nem era nascido/a ainda!”. Pois é, mas Jesus teve que morrer por cada um de nós por algo que aconteceu há muitos anos atrás. Sabe aquela história de Adão e Eva no jardim do Éden comendo um fruto que não deviam? Pois bem, por causa do pecado deles, toda a humanidade por contaminada pelo pecado e fomos expulsos da presença de Deus , impedidos de nos relacionarmos com Ele como antes e ainda, fomos condenados a morte eterna (pois o salário do pecado é a morte – Romanos 6:23). Mas Deus amou tanto a nós, meros humanos, que arquitetou um plano perfeito para nos resgatar. O Senhor preparou a situação perfeita para enviar seu Filho Jesus, que é 100% homem e 100% Deus, para viver uma vida perfeita aqui na terra e morrer, para pagar o preço pelos nossos pecados. E além disso, Ele venceu a morte, Jesus ressuscitou e porque Ele venceu a morte nós também podemos ser salvos através dele! Pois está escrito na Bíblia:

“Logo, assim como por meio da desobediência de um só homem muitos foram feitos pecadores, assim também, por meio da obediência de um único homem muitos serão feitos justos.”

Romanos 5:19

E assim, fomos regatados da morte eterna porque Jesus pagou esse preço por nós! E aí, você aceita essa boa notícia e quer ter uma vida com esse Jesus?

Em amor, Dory ❤

Iguais mas diferentes

Olá! Como estão as coisas por aí? Espero que bem 🙂 Por aqui eu só consigo definir a minha situação com a palavra “paz” porque eu estava muito triste por não ter conseguido publicar ontem, e acabei deixando pra hoje mas agora percebo o quanto isso foi bom! Deus é maravilhoso e os seus planos são incríveis, e digo isto porque de forma milagrosa eu consegui assistir a aula do seminário e aprender mais sobre o tema que quero conversar com você essa semana. Eu escrevo o texto de hoje com temor (sempre) e com a sensação de que este tema é grande demais para ser expresso em palavras, mas aqui estou para dar o meu máximo e se for do agrado de Deus, que este texto seja bênção para você que está lendo ❤

Iguais

Hoje eu queria conversar um pouco sobre as semelhanças e dessemelhanças que nós, seres humanos, temos. Apesar de saber que o assunto é vasto e eu poderia passar milhares de milhões de caracteres com aqui escrevendo e o assunto não teria se esgotado, eu tenho um foco. E a inspiração desse foco está nesse versículo aqui:

“Ora, vocês são o corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo.”

1 Coríntios 12:27

Este texto fala sobre a igreja, não a igreja construção, mas igreja ekklesia! O que é essa tal de igreja ekklesia? Explicando de forma simples é a junção de pessoas com o mesmo propósito, a igreja de Cristo, portanto, tem como Cristo o seu propósito. Mas apesar de neste texto Deus estar nos contando mais uma característica da Sua igreja, nós podemos aprender um pouco mais sobre nós seres humanos. A Bíblia nos conta, através deste trecho de 1 Coríntios que cada um de nós somos um membro, ou seja, temos características diferentes, propósitos diferentes e interagimos diferente com o mundo ao nosso redor, mas somos orquestrados pelo Cabeça, que é Cristo, para alcançarmos um único objetivo. Falando agora sobre igreja, é sempre importante nos recordarmos que o Cabeça é apenas Um e que Ele é o motivo da nossa união.

Mas

E apesar de possuirmos o mesmo Cabeça e o mesmo objetivo, não devos ser todos iguais. Claro que o que é certo é certo para todos e o que é errado é errado para todos, mas cada um de nós é um membro! Um membro que possui história, experiências, vivências e personalidade única; ou seja, cada membro tem sua função única no corpo. O corpo precisa desta diversidade, pois é essa diversidade faz com que o corpo tenha diversas capacidades e consiga fazer muitas coisas. Um versículo registrado um pouco antes do versículo que citei no parágrafo anterior diz o seguinte:

“Se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo?”

1 Coríntios 12:19

Por isso não tente ser como um membro que você admira. Claro, é importante admirar e apreciar o que os outros fazem, visto que a Bíblia nos chama a considerar o outro superior a nós, mas isso não significa que precisamos ser como o outro. Porque se todos fossem como esse tal membro que você admira, como ficaria o corpo sem um membro como você foi feito para ser?

Diferentes

Ao mesmo tempo, não repreenda os membros que não são como você a serem membros como você é. Porque assim como você não deve ser como os outros, os outros não devem ser como você. Parece óbvio mas no dia a dia é difícil colocar em prática, digo isso por experiência própria. No meu caso é mais fácil confiar no meu jeito de resolver problemas do que entender que outro membro tem outra solução para o mesmo problema que resolve a questão com a mesma qualidade. E uma das minhas maiores dificuldades é confiar que o outro também pode resolver questões com outras táticas quanto eu posso resolver com as minhas. A Bíblia nos exorta a não querer duplicar a nós mesmos nos outros:

“Há diferentes formas de atuação, mas é o mesmo Deus quem efetua tudo em todos.”

1 Coríntios 12:6

Apesar de Paulo estar falando sobre os dons neste capítulo, acredito que podemos aprender muito sobre personalidades também! Claro que não podemos usar nossas personalidades para pecarmos, mas precisamos entender que Deus nos fez diferentes com um propósito, que é servir ao Reino!

Se você tem alguém a quem precise pedir perdão, vá e peça.
Se você precisa pedir perdão a você mesmo, peça.
Se você entendeu o que precisa mudar mas não sabe como, peça a Deus.

E é isso 🙂 espero que este texto tenha sido edificante e que Deus tenha falado com você lá no fundo do seu coração ❤ Envie este texto para a pessoa que está no seu ❤

Em amor, Dory ❤

Jogos e a vida

Oi oooi 🙂 como estão as coisas por aí? Espero que bem! Eu tive uma semana meio corrida, mas sobrevivi hahaha. Mas é aquele cansaço bom, que te lembra que você conseguiu finalizar um projeto com sucesso! E antes de mais nada, só queria te lembrar que eu não produzo só aqui no blog, confere o Instagram (@fala.dory) que lá eu sempre aviso quando lanço algum conteúdo 🙂

Os jogos

Talvez você já saiba, mas eu faço streams na Twitch jogando alguns jogos 🙂 E eu realmente amo jogar e conversar com a galera! Na verdade esse é um “hábito” antigo meu, porque desde pequena eu sempre gostei muito de jogos e essa era uma das coisas que eu mais gostava de fazer com meus amigos. Muita gente acha que os jogos tornam as pessoas violentas ou que só trazem coisas ruins pras nossas vidas… Mas sabe… Eu pude conhecer muitas pessoas através dos jogos e aprofundei muitos relacionamentos através dele também. Acredito que tudo na vida pode ser ruim ou bom dependendo do que nós decidimos fazer/administrar. E existem 2 versículos que falam exatamente sobre isso:

“Tudo me é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo me é permitido”, mas eu não deixarei que nada domine.

1 Coríntios 6:12

Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.

1 Coríntios 10:31

O vício

Mas eu entendo que existem grandes problemas nos jogos, e um deles é o vício. Eu sou muito grata a Deus porque apesar de eu ser do tipo de pessoa que facilmente se entretém e esquece tudo ao redor quando joga, Ele sempre me protegeu do vício. Explico. Toda vez que eu ficava tão “dentro” do jogo que esquecia das horas que se passavam, esquecia das minhas responsabilidades e da minha família e amigos, Deus colocava um temor muito grande no meu coração. Sei que isso tudo parece meio estranho contando assim, mas eu sentia muito medo de voltar a jogar porque sentia que estava sendo dominada pelo jogo. E é justamente sobre isso que 1 Coríntios 6:12 fala, sobre como tudo nos é permitido, mas que não devemos ser dominados por nada. Caso você já se sinta acorrentado pelo vício (seja em jogos ou em qualquer outra coisa), saiba que Jesus pode te ajudar 🙂 Quando nos entregamos a Deus e aceitamos seu filho como nosso único e suficiente Senhor e Salvador, a Bíblia nos conta que Ele nos liberta do pecado para nos tornarmos servos de Deus. E não se assuste quando a Bíblia diz que nos tornamos escravos de Deus, porque a ideia é que nesse mundo não somos livre, ou escolhemos ser escravos do pecado ou escravos de Deus, e bem… Eu escolho ser serva do Senhor

Mas agora que vocês foram libertados do pecado e se tornaram escravos de Deus, o fruto que colhem leva à santidade, e o seu fim é a vida eterna.

Romanos 6:22

A vida

E assim como os jogos podem nos aprisionar, nós podemos usar os jogos para algo bom também! Um bom exemplo é a Ubabalo (@ubabaloecup), que é um projeto que eu sou voluntária 🙂 O projeto nasceu, na verdade, com o futsal aqui no Brasil (é um projeto realizado em diversos países) e por causa da pandemia começou a trabalhar com jogos eletrônicos também. A idéia principal do projeto é levar princípios e apresentar a Vida aos jovens através de jogos e campeonatos. (Pra conhecer melhor o projeto, clica aqui!) Viu? É possível usar algo que nunca imaginávamos para levar o Caminho, a Verdade e a Vida que é Cristo a pessoas que talvez nunca tivessem a oportunidade de ouvir clara e explicitamente o plano da salvação e o amor de Deus.

Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.

João 14:6

Em amor, Dory ❤

E é isso galera 🙂 esse é o texto dessa semana! Se você gostou do texto e acha que mais pessoas deveriam lê-lo, curti esse texto pelo WordPress e compartilha com a sua galera 🙂

Minha 3 mulheres favoritas da Bíblia <3

Faaaala galera 🙂 Como vocês estão? Espero que bem ~ Era pra eu ter postado ontem o texto mas que bom que não deu tempo e vou poder publicar hoje no Dia Internacional das Mulheres! Sou grata a Deus por esse atraso na postagem porque me senti inspirada a compartilhar minhas 3 mulheres favoritas da Bíblia

Rute

Claro que eu não poderia começar essa lista com uma mulher que não fosse Rute! Ela é uma das minhas mulheres bíblicas favoritas ❤ Ela foi uma mulher gentil, justa e muito fiel com sua sogra Noemi. Rute suportou muitas dificuldades com Noemi mas nunca a abandonou, mesmo quando esta insistiu muito para que Rute a deixasse e retornasse para o seu povo. Acredito que o versículo que mais descreve Rute é a fala dela para Noemi:

“Rute respondeu: ‘Não insista comigo para deixá-la e voltar. Aonde você for, irei; onde você viver, lá viverei. Seu povo será o meu povo, e seu Deus será o meu Deus. Onde você morrer, ali morrerei e serei sepultada. Que o Senhor me castigue severamente se eu permitir que qualquer coisa, a não ser a morte, nos separe!”

Rute 1:16-17 (NVT)

Priscila

Ela não é muito famosa por mas desde que entendi quem ela era não pude deixar de admirá-la! Não sei se você já reparou, mas Paulo costuma deixar algumas saudações específicas no final de suas cartas e uma das saudações que eu mais encontrava era para um casal chamado “Priscila e Áquila”. Pelo que eu aprendi, eles foram um casal que trabalhou arduamente para a expansão do Reino de Deus. Vou deixar aqui uma das saudações de Paulo a essa mulher (e casal) tão importante para história da Igreja de Cristo:

“Deem minhas saudações a Priscila e Áquila, meus colaboradores no serviço de Cristo Jesus. Certa vez, eles arriscaram a vida por mim. Sou grato a eles, e também o são todas as igrejas dos gentios”

Romanos 16:3-4 (NVT)

Débora

Débora já é uma mulher mais conhecida e eu amo a história dela! A Bíblia nos conta que Débora foi uma profetisa e juíza do povo de Israel antes da monarquia de Israel. Certa vez Deus falou com Baraque através dela, ordenando que ele juntasse um exército porque Ele entregaria Sísera e seus guerreiros na mão dele. Mas Baraque insistiu que Débora fosse com ele e por isso Deus entregou a honra desta missão à Débora:

“Quem julgava Israel nessa época era Débora, uma profetisa, mulher de Lapidote. Ela costumava sentar-se debaixo da Palmeira de Débora, entre Ramá e Betel, na região montanhosa de Efraim, e os israelitas a procuravam para que ela julgasse suas questões.”

Juízes 4:4-5

E pra encerrar esse texto eu deixo aqui de presente para todas as mulheres o trecho bíblico mais legal sobre o assunto feminilidade ❤

"Quem encontrará uma mulher virtuosa? Ela é mais preciosa que rubis.  O marido tem plena confiança nela, e ela lhe enriquecerá a vida grandemente.  Ela lhe faz bem, e não mal, todos os dias de sua vida.  Ela adquire lã e linho e, com alegria, trabalha os fios com as mãos.  Como navio mercante, traz alimentos de longe.  Levanta-se de madrugada para preparar a refeição da família e planeja as tarefas do dia para suas servas.  Vai examinar um campo e o compra; com o que ganha, planta um vinhedo.  É cheia de energia, forte e trabalhadora.  Certifica-se de que seus negócios sejam lucrativos; sua lâmpada permanece acesa à noite.  Suas mãos operam o tear, e seus dedos manejam a roca.  Estende a mão para ajudar os pobres e abre os braços para os necessitados.  Quando chega o inverno, não se preocupa, pois todos em sua família têm roupas quentes.  Faz suas próprias cobertas e usa vestidos de linho fino e tecido vermelho.  Seu marido é respeitado na porta da cidade, onde se senta com as demais autoridades.  Faz roupas de linho com cintos e faixas para vender aos comerciantes.  Veste-se de força e dignidade e ri sem medo do futuro.  Quando ela fala, suas palavras são sábias; quando dá instruções, demonstra bondade.  Cuida bem de tudo em sua casa e nunca dá lugar à preguiça.  Seus filhos se levantam e a chamam de “abençoada”, e seu marido a elogia:  “Há muitas mulheres virtuosas neste mundo, mas você supera todas elas!”.  Os encantos são enganosos, e a beleza não dura para sempre, mas a mulher que teme o Senhor será elogiada.  Recompensem-na por tudo que ela faz; que suas obras a elogiem publicamente."
Provérbios 31:10‭-‬31 NVT

Em amor, Dory ❤

A Palavra que Transforma

Oi ooi, como estão as coisas por aí? Espero que bem ^^ Por aqui eu tive uma semana bem agitada, mas foi uma semana de muito aprendizado e crescimento (em muitos sentidos), até estou com saudade do final de semana, você também? Pelo título você consegue descobrir o tema dessa semana? hahaha Conta aí nos comentários antes de ler o texto xD

Hermenêutica

Acho que eu já comentei em algum texto aqui no blog que eu amo teologia e que tenho feito algumas matérias no seminário da minha igreja (se você me acompanha pelo instagram, você sabe do que eu estou falando). A matéria que eu acabei de fazer foi Hermenêutica! Eu sempre quis ter aula de hermenêutica e estou amando aprender e aplicar isso na minha vida. Explicando resumidamente…

Hermenêutica é a ciência das Regras que devem ser utilizadas para melhor interpretação de um texto bíblico.

E durante as aulas eu aprendi algumas regras que estão ajudando nos meus estudos bíblicos pessoais e também em conjunto 🙂

Antes de continuar essa conversa, precisamos definir o que é a Bíblia. O que é a Bíblia pra você? Muita gente entende a Bíblia como um documento histórico, um conjunto de histórias míticas e até mesmo como um guia filosófico. Mas para mim é a Palavra de Deus, assim como está escrito em 2 Timóteo 3 🙂

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça,
para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.

2 Timóteo 3:16,17

E quando a gente entende que a Bíblia é a Palavra de Deus, precisamos também aceitar que ela é uma autoridade na nossa vida e que tem poder!

Verdade

O professor que estava dando a aula falava muito uma frase que ficou marcada no meu coração:

"Não é difícil entender a Bíblia, é difícil aceitar o que ela está nos dizendo"

Claro que existem trechos que são difíceis de interpretar e entender, mas muitas vezes eu já me vi confusa sobre um texto muito claro e objetivo que eu não conseguia aceitar o que estava escrito. E bem… Se eu acredito na Bíblia como Palavra de Deus eu não devia tentar entendê-la de uma maneira que seja conveniente, até porque o Senhor quer nos moldar conforme a boa e perfeita vontade Dele! É realmente desafiador trilhar os caminhos de Cristo, mas não há nada mais gratificante e preenchedor do que viver uma vida com Cristo! Que eu sempre me lembre que a Bíblia como um todo é a verdade, e eu não posso escolher apenas uma parte que me agrade e descartar o que não me convém.

Transformadora

Assim como a Palavra é a verdade, ela também tem poder para nos transformar! É através desse livro maravilhoso chamado Bíblia que Deus fala conosco e quando Ele diz algo, algo muda em nós (no mínimo nos incomoda/impulsiona a mudarmos). Tem um versículo que eu gosto muito que diz o seguinte:

Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração.

Hebreus 4:12

É um desafio e tanto permitir que Deus nos transforme através da Sua Palavra, mas não há nada melhor do que isso!

É isso galera 🙂 espero que a reflexão de hoje tenha feito sentido pra você 🙂 se você gostou e acha que alguém pode ser impactado através desse texto, copia o link manda pra ela ❤

Em amor, Dory ❤

O cuidado

Oi oi 🙂 como estão as coisas por aí? Espero que bem ~ Sabe, estou gostando mais de escrever os textos da semana no domingo, então acho que vou mudar os dias das postagens pra domingo hahaha o que você acha? Bom, falando agora do tema da semana… queria compartilhar com você, que está aí do outro lado lendo este texto, o cuidado Deus na minha vida ^^

Ansiedade

Eu sou uma pessoa muito ansiosa e preocupada e isso me distrai muito daquilo que deveria ser o meu foco, que é Cristo e depositar Nele toda a minha confiança e em um dos meus versículos favoritos da Bíblia fica no capítulo 4 de Filipense fala exatamente sobre isso:

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.

Filipenses 4:6

As dificuldades e problemas fazem parte da nossa vida aqui na terra, mas como nos posicionamos perante elas é que faz a diferença. Ouço muito por aí as pessoas dizerem “mude o seu mindset” e sabe, elas não estão totalmente erradas. Descobri que eu realmente preciso mudar a forma como eu encaro as dificuldades da vida, eu preciso deixar de me apoiar na minha própria preocupação e ansiedade e focar Naquele que me ama e prometeu estar comigo sempre!

Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”.

Josué 1:9

Paz

E sabe, Deus é tão maravilhoso que além de nos convidar a desabafar com Ele, nos dá uma promessa pra quando entregamos em oração as nossas preocupações:

E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.

Filipenses 4:7

Este é o versículo seguinte ao versículo que lemos sobre “entregarmos em orações e súplicas as nossas ansiedades”. É maravilhoso saber que uma paz que excede todas as nossas preocupações e pensamentos, não é? Ao mesmo tempo que é muito legal saber o quanto Deus nos ama, é triste lembrar o quanto nós também nos esquecemos dessa bênção e nos deixamos levar cativos pelos nossas mentes ansiosas e corações preocupados.

Coração e Mente

Como eu já disse, Filipenses 4:6-7 são os meus versículos favoritos, mas uma coisa me chamou muito a atenção na última vez que os li, a parte do “… seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus”. Muitas vezes me vejo refém dos meus pensamentos ansiosos e do meu coração angustiado, mas nestes versículos, Deus nos diz que se colocarmos em oração a Ele as nossas preocupações e a paz que excede todo o entendimento guardará o nosso coração e nossas mentes. A grande lição que aprendi relendo estas passagens é que eu não preciso mais ser refém das minhas angústias, mas que posso ser livre em Cristo que cuida da minha mente e do meu coração 🙂 só o que eu preciso fazer é não me distrair com as preocupações mas entregar tudo em oração Aquele que primeiro me amou.

Em amor, Dory ❤

Descanso

Porque descanso também é uma forma de glorificar a Deus ❤

Pequenas partes do todo

Oi oi, tudo bem? Espero que sim 🙂 Por aqui as coisas estão muito legais! Essa semana queria conversar sobre as pequenas partes que compõem o todo. Você já parou para pensar que com uma rotina frenética que vivemos, nós dificilmente conseguimos apreciar os instantes que compõe o nosso dia a dia. Quais tipos de consequências esses estilo de vida trás para nós?

Partes

Mais uma pergunta pra você 🙂 Por que acabamos não apreciando o momento que estamos vivendo? Porque estamos com nossos olhos e coração voltados para o que está por vir. De forma alguma eu quero dizer que isso é errado, mas será que não estamos desvalorizando demasiadamente o presente (que não tem esse nome à toa)? É sempre importante mirarmos nossos sonhos e objetivos, mas será que não precisamos também aprender a viver um momento de cada vez? Até porque o futuro é construído por pequenos presentes.

Pequenas

Se o futuro é constituído por vários pequenos momentos do presente, nós não deveríamos apreciar esses pequenos fragmentos do futuro? Às vezes estamos tão focados no futuro completo e inteiro que não notamos que já construímos uma pequena parte dele. Percebe que nos tornamos pessoas ingratas e sempre insatisfeitas? Se não valorizamos as pequenas conquistas, como queremos valorizar as conquistas completas?

O todo

Claro que é muito mais legal ver o que construímos por inteiro e de forma completa. Mas sabe o que é muito mais legal? É compreender que o Deus todo poderoso que nos ama com o amor mais perfeito de todos esteve conosco durante todo o processo. Da mesma forma como almejamos os frutos completos, por que não almejarmos desfrutar com o Pai o processo completo? Nossa vida frenética nos leva sempre a acelerar tudo e querermos os frutos pra ontem, mas a frutificação é um processo. E quando finalmente alcançarmos os frutos, que tenhamos sabedoria de descansarmos intencionalmente para apreciar os frutos.

Em amor, Dory ❤

Descanso intencional

Oi oi, como estão as coisas por aí? Espero que bem! Aqui as coisas estão bem bem, mas no começo da semana estavam bem turbulentas hahahaha. Sabe, descanso é um assunto que eu gosto bastante e costumo trazer bastante aqui pro blog. Mas nessa última última semana que se passou eu aprendi algo maravilhoso sobre o descanso e quero compartilhar com vocês 🙂 Bora pro texto da semana então?

Intervalo

Não sei você, mas eu costumo me sentir vagal quando tenho um intervalo para simplesmente apreciar o que está ao meu redor ou simplesmente descansar (tanto o corpo quanto a mente). Entretanto, esse sentimento de que eu estou desperdiçando o meu tempo ou de que estou sendo improdutiva é meio tóxico, não acha? Digo isso porque o nosso corpo não foi feito para trabalhar o tempo todo, tanto que dormimos em média 8 horas por dia! Desta forma, por que nos sentimos tão mal quando não estamos produzindo? Talvez a resposta esteja no mundo em que vivemos, um mundo repleto de competitividade, comparações desproporcionais (e muitas vezes apenas por vaidade) e cheio de cobranças para que tenhamos sucesso. Mas… O que é ter sucesso?

Sucesso

Pode parecer um pouco esquisito, mas acho que o projeto mais bem sucedido de toda a história é a Criação! Isso mesmo, tudo isso que existe e que foi criado por nosso Pai de amor é o projeto mais bem sucedido de todos. Você pode estar um pouco confuso com a minha afirmação, então vamos à explicação. Tudo que hoje existe, existe em perfeita harmonia e funciona com perfeição, tanto que a ciência se encarrega de, a cada dia, provar o quão perfeito e muito bem calculado e planejado cada elemento da natureza foi feito. E se nós formos ao livro de Gênesis da Bíblia, onde está escrito todo o processo de criação, poderemos observar que Deus (isso mesmo, o cara mais poderoso e incrível do universo) descansou depois de concluir seu trabalho.

Abençoou Deus o sétimo dia e o santificou, porque nele descansou de toda a obra que realizara na criação.

Gênesis 2:3

Pois é! Ele parou e descansou, além de abençoar este dia. E sabe de uma coisa, existe algo maravilhoso no descanso intencional.

Descanso intencional

Quando descansamos intencionalmente nós consequentemente apreciamos os frutos do nosso trabalho. Esse descanso intencional é diferente do descanso por esgotamento, porque quando nos vemos obrigados a descansar porque o nosso corpo já não suporta mais trabalhar, acabamos por simplesmente recuperar nossas forças (físicas e mentais). Dessa forma, acabamos por não prestar atenção nos frutos do nosso trabalho e no maravilhoso processo da criação (porque sim, eu acredito que todo trabalho que gera algum fruto é um processo de criação). Você consegue perceber o quão triste é isso? É algo lamentável nós estarmos tão imersos no trabalho que acabamos por não perceber a beleza que há nele, no processo e nos próprios frutos. Por isso, nesta semana, eu queria te desafiar a parar propositalmente durante o seu dia para simplesmente tomar consciência do que está ao seu redor e apreciar, assim como Deus fez no sétimo dia.

Vou deixar uma música que me toca muito o coração e que fala justatemente sobre descanso, espero que faça sentido pra você também 🙂

Em amor, Dory ❤

Amigos da Dory – Semeia e Cria (Nati Fassina)

Oi ooooi ~ Como estão as coisas por aí? Espero que bem 🙂 Hoje nós teremos um texto muito especial! A maravilhosa Nati do @semeiaecria compartilhou nos stories dela um texto reflexivo que achei que se encaixaria muito aqui no blog. Perguntei, sem muitas esperanças (já que ela alcançou seus incríveis 10k de seguidores), se eu poderia publicar aqui e ela foi muito atenciosa e me enviou o texto para que vocês pudessem ter acesso a ele também! Espero que essa reflexão te impacte como me impactou 🙂

Agradecimentos especiais à Nati, você é uma inspiração para mim como criadora de conteúdo e como cristã ❤

Amor & Identidade

uma reflexão sobre como o amor de Deus nos liberta de quem não somos e de quem ACHAMOS que somos…

fomos feitos para o amor!

fomos feitos para nos relacionar.

mas a nossa noção de amor quebrou.

nossos relacionamentos ficaram tóxicos.

~

porque a gente busca encontrar no outro a afirmação de quem somos.

a gente busca ser aprovado, desejado, amado… porque só assim a gente sente que é alguma coisa.

Mas será que realmente somos essa coisa?

E quem é o outro para que sirva de fonte de identidade e afirmação pra mim?

~

Quantas vezes pelo medo da rejeição você fingiu ser alguém?

Quantas vezes por interesse próprio, você já exigiu que alguém fosse o que você queria?

Esse tipo de relação afasta a gente da nossa identidade. Confunde nosso propósito, embaça nossa visão.

Mas existe o amor divino. O amor de Deus.

De um Pai que conhece todas as nossas necessidades, potenciais e falhas. (E vai por mim, não tem nada de errado na paternidade de Deus. É a humana que está distorcida.)

De um Pai que diz sim ou não, não por interesse próprio, mas para nos afastar das consequências de uma identidade distorcida. Das consequências de escolhas destrutivas para nós e para os outros.

Quanto mais eu aprendo sobre o amor de Deus, quanto mais eu escolho fazer a vontade Dele, mais eu me encontro e sou livre. É o tipo de loucura que só quem vive esse amor pode explicar…

O peso da comparação se vai. O medo da crítica se cala. A dor da rejeição se cura. Porque a afeição Dele é tudo que importa.

Assim inclusive os relacionamentos se curam, porque se transformam em entrega e não em dependência.

A gente passa a amar porque o amor importa, não por interesse pessoal. Não por dependência emocional.

Eu aprendi que quanto mais esse amor me invade, mais eu deixo ir as camadas de sujeira que eu construi sobre quem fui feita para ser.

E até a descoberta de não ser quem eu queria ou achava que era… LIBERTA. Afinal, a gente não sabe que pode ser melhor, até ser.

Boa noite/bom dia 💛

Nati Fassina

Mudanças

Oi oooi tudo bem por aí? Espero que sim 🙂 Aqui estamos para mais um texto aqui no blog ❤ Essa semana eu queria conversar um pouquinho sobre mudança e como é desconfortável mas necessária 🙂 Qual a sua opinião sobre o assunto? Gosta? Desgosta? Você se adapta bem a mudanças? Me conta aqui nos comentários ~

Zona de conforto

Falar sobre mudança é falar também sobre a nossa zona de conforto, você não concorda? Acho que essa associação se dá principalmente porque mudança é algo que costuma fugir do nosso controle. Acho que a boa parte das mudanças que vivi foram causadas por fatores externos que me forçaram a mudar, mas eu sei que existem outros tipos de mudanças. Sabe, tenho percebido que Deus está querendo me levar para fora da minha zona de conforto e encarar alguns medos, traumas e inseguranças. E ao vivenciar esse processo fora da minha zona de conforto, vejo que serei uma pessoa mudada.

Coragem

Muitas vezes, caminhar em direção à mudança exige coragem. Coragem de continuar caminhando apesar da incerteza, das experiências ruins do passado e a voz ensurdecedora do coração clamando pra voltarmos à zona de conforto. Coragem de dizer não ao que sempre se repete e de dizer sim ao que temos medo mas que sabemos ser o que precisamos. Mas acho que a coragem mais difícil que precisamos ter é a coragem de perseverar.

Processo

O processo de caminhar em direção à mudança e ter a coragem de continuar é muitas vezes dolorido e exige de nós perseverança. Algumas vezes precisamos viver um processo sozinhos, mas em outros não. Se tivermos a oportunidade de termos alguém para caminhar conosco, aceitar ajuda sempre é bom. O processo pode ser longo, mas não precisa ser lembrado como uma dor infinita, talvez apenas como um simples “caminhar necessário”. Nós costumamos não querer sofrer, mas pra curar algumas feridas, precisamos permitir que Deus trate elas, o que muitas vezes significa limpar de dentro pra fora.

Cura

E depois de passar por esse vale que é o processo para mudar finalmente alcançamos o fruto dessa jornada, a cura. Depois de vivermos todo o processo e deixar ser mudado, conseguimos ver a cura acontecer. E o melhor de tudo que é através das nossas feridas curadas Deus pode curar outras pessoas feridas com as mesmas feridas que nós possuíamos. Acho que é um fruto muito gratificante de ser alcançado, ver como a graça de Deus mudou a nós e ver nossas cicatrizes sendo usadas por Deus para curar ao nosso redor. Por isso, se você está passando por algum processo, eu quero te deixar uma música de encorajamento.

E é isso 🙂 Espero que esse texto tenha feito sentido pra você

Em amor, Dory ❤

Top 3 canais de mukbang!

Oi ooooi ❤ Como estão as coisas por aí? Espero que bem 🙂 por aqui eu tive uma semana corrida mas muito boa e hoje especialmente foi muuuito legal ^^ Começamos 2021 com o pé direito hahaha. Recentemente um viewr da live comentou que gostou muito das listinhas aqui do blog, então resolvi fazer uma listinha niiice pra começarmos bem o ano ~ E fica ligado que eu fiquei pilhada pra fazer mais listinhas esse ano 🙂 Então bora lá! Mas antes…

O que é mukbang?

Se a gente for pegar a definição da Wikipedia está assim:

Mukbang ou muk-bang (hangul: 먹방; revisado: meokbang; literalmente: “emissão de comida”) é um tipo de espetáculo na qual alguém transmite um vídeo pela internet ao vivo comendo grandes quantidades de alimentos. Normalmente feito através de um webcast, o mukbang se tornou popular na Coreia do Sul no final dos anos 2000. Alguns mukbangs também são transmitidos na televisão, como pelo canal Afreeca.

E é bem isso mesmo, são pessoas comendo bastante comida hahaha. Eu, particularmente, acho que qualquer pessoa que coma com mais frequência no canal já tem um pézinho no mukbang xD Agora vamos para os canais que mais gosto!

Kinoshita Yuka

Essa mocinha já apareceu em um outro texto (clica aqui pra ir bisbilhotar lá) mas eu não poderia deixá-la de fora desta nova lista porque ela foi o motivo de eu começar a gostar de assistir mukbang 🙂 A primeira vez que eu vi um vídeo da Kinoshita Yuka foi no facebook e não sei como eu a encontrei também no Youtube, aí não teve jeito hahaha direto eu vejo os vídeos que ela posta e até uso nas aulas de japonês que eu dou xD Acho que o mais legal do conteúdo dela é que além de comer várias comidas gostosas e em uma quantidade absurda, a Kinoshita Yuka é uma pessoa muito simpática. Enquanto ela come, vários assuntos vão surgindo (principalmente quando ela está bebendo álcool hahaha) então vale muito a pena acompanhar o canal ❤

Avaliação: 5 de 5.

Chonnyday

Esse é um canal que eu descobri recentemente mas que eu me apaixonei ❤ É um casal australiano que faz vários vídeos experimentando restaurantes, comidas além de turistarem um pouco também hahaha. A minha maior recomendação é assistir a playlist da temporada deles no Japão no inverno (season 5), sério! O ponto forte deles é que são muito comunicativos, sinceros no review além de serem muito engraçados. Mas acho que alguns vídeos são muito compridos e que poderiam ser encurtados ou divididos em 2 partes. Entretanto eles são ótimos ❤

Avaliação: 4.5 de 5.

Mike Chen / Strictly Dumpling

Esse cara eu descobri pelo canal secundário, por incrível que pareça hahaha, e gostei bastante da maneira que ele faz review 🙂 acho ele bem sincero e autêntico! Mike é um cara com personalidade um tanto quanto forte (não de ficar bravo ou coisa do tipo mas de se apegar no que acredita). A sinceridade nos reviews faz com que os vídeos dele sejam interessantes, além do Mike ser um cara bem autêntico. Entretanto, por ele ter essa personalidade mais forte muitas vezes eu acabo não identificando com ele em algumas situações.

Vou deixar aqui embaixo o último vídeo do canal secundário mas é só clicar aqui pra ir no canal principal dele ~

Avaliação: 3.5 de 5.

BÔNUS: 크집사 (keujibsa)

Esse aqui é um bônus hahaha. É que o tema central é gatinhos e a rotina da dona deles, mas vira e mexe a domadora de gatinhos faz refeições muito legais! Por isso eu resolvi colocar como bônus 🙂 Se não me engano eu coloquei o outro canal da moça nesse texto aqui mas ela merece outra citação, os vídeos dela são muito legais ❤ É isso galera hahaha vou deixa um vídeo que ela cozinha aqui embaixo

Avaliação: 5 de 5.

A avaliação aqui é por todo o conteúdo e não só da parte de comidas hihihi

E talvez você esteja pensando que comer não tem nada de sagrado ou nada relacionado com o nosso Pai celestial, mas você está redondamente enganado \o/ Na Bíblia a gente encontra um versículo que fala exatamente sobre isso:

Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.

1 Coríntios 10:31

Jesus mesmo mostrou muito do amor de Deus durante refeições. Lembra que o primeiro milagre de Jesus foi numa festa onde faltou vinho? Pois é! Nós acabamos por separar momentos da nossa vida que são sagrados e outros que não são, quando na verdade Deus quer fazer parte de toda a nossa vida 🙂 E aí? Topa esse convite de Deus, de passar 24 horas do seu dia com Ele?

Em amor, Dory ❤

Enfim 2020 chegou ao fim!

Oi oooi! Feliz ano novo 🙂 Como foi a sua passagem de ano? Espero que tenha sido memorável ^^ Infelizmente eu não estava muito bem de saúde na virada, mas no dia 1 já estava melhor e pude comer as comidas gostosas de casa \o/ Mas hoje não estamos aqui para conversar sobre comidas, mas sim sobre o fim de 2020. Eu sei, eu também achei que 2020 era infinito hahaha mas chegamos ao fim dele e ao começo de 2021 🙂 bora bater um bato sobre isso?

As coisas antigas já passaram

E assim, o ano de 2020 ficou para trás. Foi um ano muito diferente, e acredito que muito difícil também. E sabe, precisamos levar conosco o aprendizado e as boas memórias do ano que se passou, mas também precisa abrir mão daquilo que nos machuca. Não é uma tarefa fácil, mas com a ajuda do Senhor creio que é possível 🙂 esse é um dos meus desafios, que tal superarmos esse desafio juntos no Senhor?

Eis que se fizeram novas

Além de abrirmos mão das coisas que nos machucaram no ano passado, precisamos nos abrir para as novas experiências, vivências e memórias que 2021 nos traz; o que também pode ser um pouco difícil, dependendo do caso. Às vezes se abrir para novas experiências pode ser assustador, não acha? Mas eu sempre me lembro do meu versículo favorito:

“Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”.

Josué 1:9

Sabe o que mais precisa ser diferente também? As nossas atitudes, certo? Não adianta querer que 2021 seja diferente se tivermos as mesmas atitudes de 2020 o/

E assim, se alguém está em Cristo…

Sabe, todas essas mudanças são muito importantes, mas acho que não conseguimos mudar a nós mesmos… Eu acredito que somos dependente da graça de Deus para essas coisas também 🙂 Se você quer ter, além de um ano diferente, uma vida diferente, eu te convido a orar e pedir para que Jesus seja Senhor da sua vida e transforme a sua vida por completo! E aqui está um versículo que fala justamente sobre Jesus fazer todas as coisas novas \o/

Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!

2 Coríntios 5:17

O primeiro texto do ano ficou um pouco pequeno, mas espero que tenha feito sentido pra você 🙂 feliz 2021 e espero que este novo ano seja um conjunto de novas oportunidades e conexões ^^

Em amor, Dory ❤

Tudo novo!

Oláaaa! Tudo certo por aí? Espero que sim 🙂 Por aqui está tudo ótimo, principalmente por causa das férias da faculdade! Aliás, graças às férias eu vou poder produzir mais conteúdo por aqui ❤

O texto dessa semana está saindo dia 26 de dezembro, logo… é um pós-natal, por isso eu não posso perder a oportunidade de te recomendar esse texto do blog: “Carta pós-natal“, espero que você curta 🙂 Agora bora pro texto dessa semana ~

Depois do Natal é…

Ano novo, certo? hahaha xD Essa semana eu queria conversar um pouco sobre nossas resoluções de ano novo 🙂 Você é do tipo de pessoa que gosta de fazer promessas na virada? Eu não sou muito assim, mas eu gosto muito de planejar e sonhar com o ano que está por vir. E todo esse clima de expectativa e sonhos para o ano novinho em folha que está vindo me lembra de um versículo que marcou muito a minha vida quando eu entendi o real significado dele:

“Confie no Senhor e faça o bem; assim você habitará na terra e desfrutará segurança.

Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração.”

Salmos 37:3~4

O real significado

Passando os olhos rapidamente por esse versículo parece que ele está nos dizendo que Deus fará tudo o que quisermos, e bem… não é bem assim. O que o salmista quis dizer com esse trecho é que se o nosso coração se deleitar em Deus, ou seja, se o nosso coração estiver 100% Nele, o desejo que está no meu coração será atendido pelo Senhor. E se você pensar bem, faz sentido! Deus faz tudo o que Ele deseja e Ele é bom, logo, se o nosso coração estiver completamente focado Nele e colocá-lo no centro, o Senhor fará o que está no nosso coração, pois é Ele próprio que está ali 🙂

Colocando Deus no centro

Você deve estar se perguntando: “okay, entendi essa parte, mas como eu coloco Deus no centro do meu coração?” Pois bem, caro amigo 🙂 A Bíblia está repleta de dicas pra você, mas a dica mais preciosa é essa daqui:

“Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento.”

Mateus 22:37

Ou seja, devemos amar a Deus como todo o nosso coração, toda a nossa alma e todo o nosso entendimento. Tarefa bem complexa, não acha? Mas não se preocupe, porque Deus sabe que nós humanos não conseguimos cumprir com essa tarefa tão difícil sozinhos, por isso Ele nos enviou Jesus para pagar os preços pelo nossos pecados (e vencer a morte, que é o salário do pecado!) e o Espírito Santo para morar dentro de nós e nos capacitar a viver esse mandamento tão difícil.

O desafio

Nesse final de ano, eu queria convidar te convidar a conversar com o Pai sobre seus planos, expectativas e sonhos para 2021 e ouvir do próprio Deus o que Ele tem pra você! Por que está escrito:

“Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração.”

Jeremias 29:13

O Senhor não rejeita a ninguém que o busca de todo o coração 🙂

E é isso galerinha! Deixo também de presente uma música que tocou muito o meu coração e essa versão em especial tocou o fundo da minha alma ~

Ps: Tem legenda em português, é só ativar no CC 🙂

Em amor, Dory ❤

Texto especial de natal 2020 – O mesmo natal

Oi oi! Tudo bem? Espero que sim 🙂 E então é natal amigos!! O texto acabou ficando pra segunda e não sábado, mas acho que ficou melhor assim hahaha aí já começamos a semana do natal em espírito natalino, e fica ligado que essa semana estamos cheios de conteúdo ❤ Bom, o texto dessa semana é um conto, mais especificamente um conto de natal! Pra você ler o conto já no clima, vou deixar aqui a playlist natalina Doryana!

O mesmo natal 🙂

Você sabia que a época do natal é a minha época favorita do ano? Não tem aula na escola, eu posso ficar o dia todo assistindo TV e jogando no computador. Mas a parte mais legal é a véspera de natal! Todos os anos vem um monte de gente aqui em casa pra comer muita comida, e claro, meus primos também vêm pra gente jogar vídeo game juntos. Só que esse ano as coisas estão meio estranhas… Já é dia 21 e meus pais não foram pro mercado e voltaram cheios de sacolas, a nossa geladeira não está entupida de comida nem aqui nem na China e papai ainda não limpou a churrasqueira. O que será que aconteceu? Acho que eu preciso apressar eles pra eles terem tempo de arrumar tudo.

– Mãe, você quer que eu vá no mercado com você?

– Como assim filha? Por que?

– É que você e o papai ainda não encheram a geladeira pro natal…

– Ah, entendi! Eu não tinha te contado ainda? É que…

Por que ela ficou em silêncio? Mamãe tá com uma cara estranha… Será que aconteceu alguma coisa com o natal? Isso seria terrível! Onde já se viu, arruinar o natal assim?!

– Resumindo… Esse ano a gente não vai poder receber visitas, então não precisamos de tanta comida, filha.

– Quer dizer então que o natal desse ano morreu?! Mas que tragédia mãe, a gente tem que fazer alguma coisa pra ressuscitar ele!

– HAHAHAHA calma, ninguém matou o natal Isa.

– Lógico que mataram ele, não vai ter gente em casa, não vai ter uma mesa cheiona de comida nem os primos pra jogarem comigo… Como você pode me dizer que o natal não foi assassinado?!

– Ai filha, vamos lá. O que é natal?

– É… uma festa legal que eu como muito e brinco muito…?

– Hum… também é isso, mas a festa e a comemoração é só um bônus, o verdadeiro natal é outra coisa. Você lembra da história que eu te conto sobre o natal todo ano?

– A história do menino que não conseguiu nascer no hospital?

– Hahahaha essa mesma! Então, a gente faz festa e comemora com todo mundo junto por causa dele. Mas mesmo sem festa a gente ainda pode comemorar!

– Ué, como assim? A gente nem tem bolo pra comemorar aniversário! E Jesus já não tá mais aqui na terra, Ele tá lá no céu, não tá?

– Pois é, mas o natal não é só um aniversário. O natal é uma data pra gente lembrar que o próprio Deus se fez homem pra salvar a humanidade dela mesma! Nós humanos estávamos tão perdidos e cada vez mais longe de Deus que Ele enviou o próprio Filho, que é uma parte da trindade divina, pra resgatar a gente.

– Hum… Então o natal é tipo a introdução pra páscoa?

– É… pode ser isso. Mas uma explicação mais completa é que o natal lembra a gente do melhor presente que Deus nos deu, que foi Jesus vir nos resgatar. Já a páscoa, é sobre como Jesus pagou o preço pelos nossos pecados e hoje podemos ser salvos da morte eterna.

– Agora faz sentido! O natal existe independentemente da quantidade de pessoa que estão aqui em casa. Tô aliviada que a gente não vai precisar ressuscitar o natal.

Bom, agora que eu já sei que o natal está seguro posso voltar pros meus afazeres, aquelas casas no Minecraft não vão se construir sozinhas.

Amigos da Dory – Ruth a nutricionista!

Oi oi gente!! Estamos aqui, mais uma semana, para mais um texto 🙂 Como foi a semana por aí? Espero que bem ~ O texto dessa semana será de uma amiga muito querida que tem me ajudado muito! Espero que gostem ❤

PS: Ela é uma nutricionista, se puderem, passem com ela, é incrível!

Amiga da Dory – um pouco sobre mim 

Olá! Eu me chamo Ruth Akemi, sou amiga da Dory e me sinto muito honrada por poder estar aqui com vocês. Amo comida japonesa, ler e estar com a família e amigos. Quando criança minha mãe me dava talos, cascas e partes dos alimentos para eu brincar com as minhas panelinhas e aquele fogão de plástico (sabe, era um que fazia barulho ao virar o botão). Além disso, meus tios tinham restaurante japonês, onde trabalhei antes da faculdade e pude aprender muito mais do que habilidades culinárias. Um dos grandes aprendizados dessa época foi servir as pessoas com excelência. Então, eu cursei gastronomia? Não, Letras rsrs. Sim, eu fiz dois meses de Letras na USP até perceber que tinha outra paixão. Foi um período difícil da minha vida, de incertezas, medos e ao mesmo tempo conheci a Deus de uma forma diferente. Pude ver a sua bondade me guiando até a faculdade de Nutrição na USP. Depois disso vivi feliz para sempre? 

A coragem de confiar 

Eu tinha a ideia de que vocação e propósito seriam descobertos rapidamente ou que Deus diria exatamente o que fazer, com um plano detalhado. Ao olhar para trás, agradeço tantas interrupções, imprevistos e caminhos que me levaram onde estou hoje. Atualmente eu realizo atendimentos presenciais em São Paulo e online para mulheres. Tem sido gratificante acompanhar as pacientes em suas conquistas, melhora da saúde e quando conseguem adquirir novos hábitos e mudarem suas vidas. Eu não sabia que minhas paixões, história, experiências e background seriam tão úteis para o que eu faço hoje. Entretanto, Deus sabia e me trouxe até aqui. 

Reconciliação 

Então Deus disse: “Vejam! Eu lhes dou todas as plantas com sementes em toda a terra e todas as árvores frutíferas, para que lhes sirvam de alimento (Gênesis 1:29). Ao estudar o poder dos alimentos para curar doenças, devolver alegria e disposição, nutrir as emoções percebi que ainda posso ser uma tradutora (algo que tinha desejo quando prestei Letras). Sim, minha missão é transformar ciência, a qual reflete a boa criação de Deus em plano alimentar e formas possíveis das pacientes inserirem na sua rotina. Tenho o privilégio de cooperar com a reconciliação em Cristo de todas as coisas, para que descubram uma nova forma de viver saudavelmente, e direcionar as pessoas para esse caminho original descrito em Gênesis. É trazer ordem ao caos, luz na escuridão e esperança para mulheres que já estão cansadas de tentar e não conseguir mudar a sua alimentação. Tenho plena convicção que 100% da beleza do meu trabalho vem de Deus e Ele mesmo te chama para fazer parte da sua história. Te convido a ter coragem para confiar mesmo que não esteja claro ainda, Ele é um bom Pai e te ama como é. Apenas você pode ser você. Como peças de uma grande quebra cabeça formaremos todos juntos um lindo quadro. 

Caso queira conhecer melhor o que eu faço, acesse as minhas redes sociais, será um prazer te receber! 

Site -> https://www.nutricionistaruthakemi.com

Instagram -> https://www.instagram.com/nutriruthakemi

Facebook -> https://pt-br.facebook.com/nutriruthakemi

O importante é o que importa

Oi oi! Tudo bem? Esero que sim! Por aqui eu tive uma semana um tanto quanto agitada HAHAHA (tanto que o texto acabou saindo domingo e não sábado >< perdão por isso). É que estou fazendo várias lives e mil e uma outras coisas. Enfim, chega de papo furado e bora pro tema de hoje? Essa semana eu queria conversar sobre detalhes! Pode parecer um tema muito bobinho, mas eu achei muito legal hehehe.

Sobre o olhar

Nós estamos em dezembro, época que refletimos sobre o ano que passou, e eu percebi que muitas vezes nos esquecemos de contemplar as pequenas maravilhas da vida (aliás, se você ouviu o episódio 2 do podcast Oi eu sou a Dory você já ouviu um pouquinho sobre o assunto). E quando não damos a devida atenção a pequenos detalhes, podemos perdemos as pequenas belezas da natureza e alguns recados de Deus também. Parece coisa de doido, mas calma que você vai entender hahaha.

O que importa

Sabe aquela velha história do “a beleza está nos pequenos detalhes?” Então, é basicamente isso! Às vezes acabamos nos acostumando tanto com a nossa rotina e as coisas que nos rodeiam que acabamos por não enxergar mais a beleza que elas carregam ou o privilégio que temos de possuir isso na nossa vida. Um bom exemplo é a liberdade de poder encontrar com as pessoas que amamos. Nós só percebemos o quão maravilhoso é poder estar, presencialmente com aquele grupo de amigos quando o Corona vírus tirou isso de nós. Só entendemos o quão valioso era esse tempo com as pessoas quando o perdemos.

O milagre do detalhe

E até mesmo a Bíblia fala sobre como os detalhes glorificam a Deus! Um dos meus versículos favoritos sobre isso é esse daqui:

Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis

Romanos 1:20

Já parou pra pensar quantos “sinais” divinos ou “pequenos milagres” nós deixamos de perceber no nosso dia-a-dia porque estamos anestesiados pela “rotina ruim”? Só porque eu vejo a mesma coisa todo dia ou faço o mesmo caminho para o trabalho não significa que essas coisas são menos importantes ou mais “comuns”. Tudo pode ser especial e um milagre quando observamos com cuidado e enxergamos a mão do Pai nos detalhes da criação 🙂

“Senhor, obrigada por cada detalhe da criação, ela é incrível e maravilhosa e revela a Ti. Me perdoa por não valoriza-la como deveria… Por favor me dê olhos como os Teus para olhar para cada detalhe com amor como o Senhor o faz. Muito obrigada pelo Teu amor e misericórdia que se renovam todos os dias. Em nome de Jesus, amém.

Em amor, Dory ❤

Eu e o outro

Oi oi gente! Como estão as coisas por aí? Espero que bem 🙂 Por aqui as coisas foram bem agitadas essa semana, mas foi uma boa semana no final das contas hehehe. Bom, essa semana eu queria conversar um pouco sobre relacionamento interpessoal, coisa pouco complicada né hahaha. Ah! E leia até o final porque você vai ter uma surpresa 😉

Relação

Todo mundo sabe que se relacionar com alguém é difícil. A relação entre membros de uma mesma família, entre amigos ou até mesmo entre desconhecidos que trocam apenas um “bom dia” na fila da padaria. Mas apesar de sabermos o quão complicado é interagir e se relacionar com outro ser humano, nós necessitamos dessa tal relação interpessoal. E você sabe por que nós precisamos tanto? Porque Deus nos fez seres relacionais, como Ele é 🙂 E sim, eu sei que pessoas são difíceis hahaha mas saber conviver com outros seres humanos é essencial para a nossa existência.

O outro

E como já comentei, pessoas são difíceis hahaha. Ser humano é um ser muito complexo, você não acha? Mesmo todos nós sendo da mesma espécie, temos muitas coisas que nos diferenciam, seja fisicamente, quanto de personalidade ou de cosmovisão. Ao mesmo tempo, você não acha fascinante como todos, nós sendo tão diferentes e mesmo assim sermos aptos a desenvolvermos um relacionamento? Eu acho isso incrivelmente maravilhoso! A forma como Deus criou cada um de forma especial e única é de fazer os olhos brilharem 🙂 Não tem como não olhar ao redor, enxergar as maravilhas divinas e não glorificá-lo por isso?

Eu

Ao passo que cada um é individual e especial do seu jeito, é muito difícil conseguir se “auto-decifrar” você não acha? É tão difícil entender o outro, assim como é difícil entender a si mesmo, tanto que você pode encontrar em diversos tipos de livros o mesmo questionamento: quem sou eu? Apesar de existirem milhares de livros que falem e discutem o eu, existe apenas um que eu consigo ler e me conhecer como nunca imaginei. Pode parecer um pouco antiquado, mas esse livro é a Bíblia. Mesmo tendo sido escrita há muito tempo atrás, ela foi escrita por Deus através de muitos homens e mulheres que foram inspirados por Ele. Quem melhor do que Deus, o nosso criador, para nos contar que nós somos?

O que importa

E assim, finalmente chegamos ao que realmente importa. Como eu já disse, Deus é Aquele que mais conhece sobre mim e é Aquele que mais vale a pena dar ouvidos 🙂 Mas existe outra coisa importante sobre Ele, que é o relacionamento. O relacionamento que temos com Deus interfere muito no relacionamento que temos com as pessoas ao nosso redor, pelo menos para mim é assim. Deus é conhecedor de todas as pessoas e Ele próprio já viveu aqui na terra com os mesmos problema que nós. Jesus é o melhor exemplo que temos de alguém que conseguiu se relacionar perfeitamente com aqueles que O rodeavam. Jesus não esteve em paz com todos, Ele desafiou os fariseus, questionou pessoas que encontrou no seu caminho, mas nunca pecou, logo, Jesus é o nosso melhor exemplo. E para poder explicar melhor tudo isso quero compartilhar um versículo muito conhecido:

O homem respondeu:
— “Ame o Senhor, seu Deus, com todo o coração, com toda a alma, com todas as forças e com toda a mente. E ame o seu próximo como você ama a você mesmo.”

Lucas 10:27

Esses são os dois mandamentos mais importantes, e não é a toa que eles são apresentados juntos. O segundo mandamento depende do primeiro. Uma coisa que acontece muito é as pessoas focarem apenas no segundo e dizerem que precisam se amar antes de amar os outros. Bom, eu concordo em partes com esta afirmação mas é assunto para outro texto. O importante aqui é que para podermos amar o próximo como nós nos amamos, nós precisamos primeiros amar o Senhor, e quando estivermos cheios Dele estaremos aptos a amar os que estão ao nosso redor 🙂

Essa é a reflexão da semana e bem… Se você leu até aqui você tem interesse na tal surpresa hahaha então, tá mais para um anúncio do que necessariamente para uma surpresa xD mas… Nem todo mundo ficou sabendo mas no meio do ano o meu ex (na época, atual) terminou comigo. Talvez você tenha percebido que apaguei algumas fotos e que eu apaguei algumas outras coisas também. Pois bem… Mas recentemente eu tenho conhecido uma outra pessoa e hoje estamos vivendo uma coisa chamado “processo”, que explicando de forma rápida é que eu e essa pessoa (que eu vou falar quem é no final) queremos conhecer melhor um ao outro, as nossas famílias e as nossas igrejas com calma e sem imediatismo. Por enquanto é isso 🙂

Se você quiser saber quem é essa pessoa, clica aqui!

Em amor, Dory ❤

Você é o que você come

Oi oi!! Como estão as coisas por aí? Espero que bem! Mais uma semana de texto atrasado, mas acho que o próximo eu já vou conseguir publicar no sábado 🙂 Mas falando agora sobre o tema de hoje… Você sabia que a sua alimentação tem um impacto enorme na sua qualidade de vida?? Pois é, essa semana eu me consultei pela primeira vez com uma nutricionista e é exatamente sobre isso que eu quero compartilhar aqui 🙂 Ah! O perfil da minha nutricionista é esse daqui: @nutri.ruthakemi

Expectativas e pré-consulta

Eu já acompanho essa nutricionista há um bom tempo, já que ela é uma amiga pessoal também, então eu já sabia que a alimentação tinha um impacto no meu dia-a-dia e que poderia melhorar algumas coisas na minha vida. Aliás, justamente por saber que com a alimentação eu poderia melhorar algumas coisas (como o sono ou energia para fazer as coisas) eu procurei me consultar, mas para a minha surpresa a alimentação impacta muito mais do que eu imaginei. Voltando a falar sobre a minha expectativa pra consulta… Eu achei que a minha nutricionista só iria escutar as minhas queixas e vontades de uma alimentação mais saudável e pronto, mas foi muito mais do que isso!

Ah! Um pequeno, mas importante detalhe: antes da consulta eu precisei fazer algumas coisas diferentes. A minha nutricionista me pediu para preencher alguns questionários e foi uma experiência boa, consegui refletir um pouco mais sobre a minha alimentação.

A consulta

E finalmente chegou o grande dia, lá estava eu com a câmera ligada conversando sobre minha alimentação e objetivos (OBS: ela também faz atendimento presencial). O mais legal da consulta foi quando a nutricionista me explicou o quanto a nossa alimentação interfere no nosso corpo. Sem exagerar, dependendo dos nossos hábitos alimentares o nosso sono, humor e tantas outras coisas podem ser boas ou não. Descobrir que melhorar os meus hábitos alimentares pode ajudar a melhorar o meu humor foi um divisor de águas para eu me sentir mais animada e incentivada a mudar! Pensa comigo: eu amo estar com pessoas, ouvir histórias e me relacionar com quem está ao meu redor, se eu conseguir manter um bom humor, então poderei aproveitar melhor cada um dos momentos que passo com cada um que está comigo!

Pequenas mudanças agora para um futuro melhor

Depois da consulta acabar eu me senti muito animada para começar as mudanças e logo no dia seguinte coloquei em prática o plano alimentar. Tudo bem que eu não consegui comer exatamente o que estava no plano porque não tinha todos os ingredientes, mas eu já estava colocando em prática e mudando meus hábitos 🙂 Hoje eu já estou com alguns ingredientes a mais e creio que aos poucos eu vou conseguir chegar a praticar o plano alimentar em sua plenitude nos próximos meses. Uma coisa que eu aprendi produzindo conteúdo pra internet é que é melhor fazer, mesmo que o resultado não seja o que eu queria (em qualidade) porque a repetição e o treino nos levam mais longe do que esperar o ambiente perfeito pra começar.

Não só eu

Como estou buscando mudar meus hábitos alimentares, eu também estou mudando um pouquinho os hábitos aqui em casa, já que o almoço e janta são refeições que todas nós aqui de casa comemos juntas. Além do mais, comprando mais alimentos e snacks saudáveis, aos poucos vamos parando de comprar produtos industrializados. Além de também ajudar a minha família a ter uma alimentação mais saudável também existe outro motivo que tem me motivado nessa caminhada que é buscar glorificar a Deus. Você pode achar estranho, mas em 1 Coríntios Paulo nos exorta a glorificar a Deus com tudo o que fazemos, e isso inclui a minha alimentação. Por isso, me alimentar bem e cuidar bem da minha saúde é uma forma de honrar ao meu Pai.

“Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.”

1 Coríntios 10:31

E é isso galera, esse é o texto da semana! Se você conhece alguém que amaria receber esse texto já pega o link e manda pra ela hahaha não perde tempo não 🙂

Em amor, Dory ❤

Qual é a sua fonte?

Oi oooi! Tudo bem? Espero que sim, por aqui eu estou bem, só um pouco cansada, mas bem. A minha recuperação da cirurgia está boa (caso você não faça ideia de que cirurgia eu estou falando, leia este texto). Bom, mas falando agora sobre o tema de hoje… Você está se sentindo cansada/o ultimamente? Se sim, então esse texto é pra você!

O esgotamento

Sabe, acho que eu ainda não consegui entender que estar me recuperando de uma cirurgia é desgastante porque eu continuo querendo ter a mesma rotina e a mesma carga de trabalho de quando eu não estava em recuperação… e bem… aqui estou eu escrevendo sobre esgotamento. Mas apesar de estar sendo um momento complicado pra mim, Deus tem me ensinado muitas coisas.

Como este é um texto sobre esgotamento e descanso, eu não vou escrever muito (eu estou aprendendo a respeitar os meus limites, na verdade… É uma lição constante pra mim). Vou deixar só um versículo que me lembrou hoje de manhã a fonte da minha energia e o que eu devo fazer para não me sentir esgotada.

“Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Pois, assim como um ramo não pode produzir fruto se não estiver na videira, vocês também não poderão produzir frutos a menos que permaneçam em mim”

João 15:4

É isso gente, não vou escrever mais do que isso porque preciso colocar em prática o que estou escrevendo aqui sobre descansar.

Em amor, Dory ❤

Um pequeno relato da minha primeira cirurgia

Oi ooi 🙂 Tudo certo por aí? Espero que sim! Como eu comentei em algum texto passado, eu precisava fazer uma cirurgia no joelho. E é isso hahaha fiz a cirurgia na semana passada e hoje estou por aqui pra compartilhar um pouquinho de como foi essa experiência e as coisas que eu aprendi 🙂

Semanas antes da cirurgia

Quando o médico disse que a indicação pra minha lesão era fazer cirurgia eu não fiquei com medo nem nada, achei até que seria uma experiência interessante. Sei lá, eu queria fazer pelo menos uma cirurgia na vida pra saber como é hahaha. As semanas seguintes foram tranquilas e tinham dias que eu nem lembrava que iria fazer uma cirurgia. Acho que a semana mais problemática foi a semana da cirurgia porque eu deixei pra comprar de última hora (sempre :P) o brace (que é a talinha móvel). Mas fora isso não tive nenhum estresse em relação a cirurgia.

Horas antes da cirurgia

Mas com o dia da cirurgia se aproximando, mais precisamente 24 horas antes do procedimento, eu comecei a ficar um pouco preocupada e com um pouco de medinho. O que me ajudou a ficar calma foram os meus amigos, principalmente a minha treinadora (da equipe de natação da faculdade) que me acompanhou desde o momento que eu fiquei sabendo da necessidade da cirurgia. Também foi muito legal ver o apoio da galera do Insta 🙂 Entretanto, nem tudo são flores… Eu tinha planejado uma live, pra poder interagir com vocês e aliviar um pouco a tensão de operar no dia seguinte. Porém… Nada funcionou na live ;^; No dia eu fiquei mega triste… Eu tinha planejado tanta coisa mas não tinha funcionado, sabe? Mas depois ficou tudo bem, e na live de sexta eu consegui consertar o que estava travando a minha transmissão.

Minutos antes da cirurgia

Na manhã do grande dia, eu estava até que okay; não estava morrendo de medo nem completamente tranquila. Entretanto, chegando na sala de preparação para a operação eu comecei, gradativamente, a ficar mais e mais ansiosa. Graças a Deus e a equipe que me acompanhou, que era muito gentil e cuidou de cada detalhe pra que eu me sentisse a vontade. O enfermeiro que ajudou na minha preparação foi muito legal! Ele conversou comigo pra me acalmar e quando eu comentei que tinha receio da cirurgia por ser mulher ele me disse que caso eu me sentisse desconfortável com alguma coisa eu poderia falar que imediatamente ele tomaria providências para me deixar mais segura. Já na sala de espera pra fazer a cirurgia, eu conversei com o meu médico e o anestesista. E eu comentei com eles sobre a minha insegurança por ser mulher (já ouvi tanta história de mulheres que foram abusadas em momentos de fragilidade que eu estava um tanto quanto receosa) e o anestesista foi prontamente providenciar que pelo menos uma mulher estivesse presente durante a operação. Eu me senti muito respeitada pela equipe médica e equipe de enfermagem!

Depois da cirurgia

Eu não lembro quase nada das minhas primeiras horas acordada depois da operação. Lembro de pequenos flashes mas é só isso. O que eu mais lembro é o tempo que passei no quarto. Apesar de estar “presa” na cama foi um tempo interessante hahaha, eu dormi a maior parte do tempo mas também conversei com alguns amigos por mensagem pra contar que tinha dado tudo certo. Depois de algumas horas o meu médico me ligou pra conversar sobre como seria o meu pós-operatório (muito ótimo ele, né não?) e no fim da conversa ele comentou que eu demorei pra apagar hahaha na minha mente eu tinha dormido desde o começo mas ele falou que tiveram que tiveram que me dar mais doses de anestesia pra eu definitivamente pegar no sono e não ficar tagarelando coisas sem sentido.

Recuperação em casa

No dia seguinte eu tive alta pra voltar pra casa, foi um pouco estranho ter que andar de muleta o tempo todo e sofrer tanto pra entrar e sair do carro mas sobrevivi hehehe. Antes de ir pra casa eu e minha mãe passamos na farmácia para comprar os remédios e foi quase uma saga porque a farmácia que a gente foi primeiro não tinha todos o remédios e tivemos que ir em outra.

Chegando em casa eu deitei no sofá e nunca mais saí dele (brincadeira, eu saio pra ir no banheiro e tomar banho hahaha). Eu lembro de pouca coisa dos meus primeiros dias, mas o que eu mais lembro é de receber visita das pessoas que moram comigo ❤ (não sei se eu já contei, mas eu moro com umas 15 pessoas, longa história, quem sabe eu conto em outro texto). O dia que eu mais sofri foi a noite de sábado para domingo, eu estava muito enjoada e vomitando muito… Minha irmã cuidou de mim e no dia seguinte eu já estava melhor.

Eu sei que pode parecer brincadeira, mas eu não sabia o quanto uma recuperação pós-cirúrgica era tão trabalhosa! Na minha cabeça eu ia fazer a cirurgia e ia ficar presa no sofá, mas só, eu iria conseguir trabalhar, estudar e fazer tudo o que eu precisava pelo computador, mas não foi bem assim. Eu fiquei muito grog nos primeiros dias e não pude dar aulas nem fazer stream e muito menos gravar podcast ou publicar um texto aqui no blog. Vivendo e aprendendo, não é mesmo hehehe.

Hoje

Falando agora sobre como está a minha recuperação hoje, eu resumiria tudo em “dificuldades simples” porque fazer coisas simples, como ir ao banheiro ou tomar banho, pode ser muito doloroso e/ou trabalhoso. Existe, porém, algo que eu preciso realmente ser grata, que é a minha família que tem me apoiado e socorrido em tudo o que tenho necessitado. Muitas vezes me pego reclamando por não poder fazer “x” ou “y” mas Deus logo me lembra que a gratidão deve estar sempre no meu coração e não a murmuração! Compartilho com vocês um versículo não tão famoso:

Estejam sempre alegres, orem sempre e sejam agradecidos a Deus em todas as ocasiões. Isso é o que Deus quer de vocês por estarem unidos com Cristo Jesus.

1 Tessalonicenses 5:16-18

E é isso amigos! Espero que tenham gostado do texto da semana 🙂

Em amor, Dory ❤

Agradar a quem?

Oi oi, tudo bem por aí? Espero que sim! Por aqui eu estou mega bem ^^ só um pouco cansadinha porque foi uma semana um corrida :p hehe. Não sei você, que está me lendo, já sabe mas eu comecei a fazer stream essa semana! Caso você goste de games e stream, clica aqui e me segue lá na Twitch ❤ Falando agora sobre o texto de hoje, eu queria compartilhar sobre uma história que eu li na minha leitura bíblica diária e me impactou muito! Como não é uma história muito conhecida, vou colocar um resuminho dela primeiro 🙂

Resumo do contexto

A reflexão de hoje é sobre os acontecimentos do capítulo 15 do livro 1 Samuel da Bíblia 🙂 nessa parte da Bíblia está encontramos a história do primeiro rei de Israel. Antes de mais nada, precisamos saber como Israel conseguiu seu primeiro rei.

Explicando de forma simples, Israel nunca teve um rei, apenas um sumo sacerdote/profeta que fazia a intermediação entre o povo e Deus. Mas depois de algum tempo, Israel pediu ao Senhor um rei, um rei como os outros povos tinham. Deus ficou muito triste com isso, pois Ele era o rei de Israel. Entretanto, Deus deu ao povo um rei, e aí entra Saul, o primeiro rei de Israel. Saul era um homem bem inseguro, e desde o início ele dava sinais disso. Mas Deus tem esse costume de chamar as pessoas que nós, humanos, desprezamos ou não damos muito valor e capacita para ser alguém admirável.

Depois de algum tempo de governo, Saul começou a fazer coisas que não agradavam a Deus e isso foi entristecendo o coração do Senhor. E a história que eu quero conversar hoje é a história do pecado que fez Deus rejeitar Saul como rei.

O que acontece em 1 Samuel 15

Nesse capítulo da Bíblia, Deus ordena Saul a atacar e destruir um povo vizinho que era muito mau. Deus ordenou claramente para que tudo, absolutamente tudo, fosse destruído, tanto objetos quanto seres vivos, pois o povo era muito mau. Saul, porém, guardou a melhor parte das ovelhas, gado e bezerros gordos… Isso entristeceu muito o coração de Deus e Ele enviou Samuel (o profeta da época) para falar com Saul. o rei de Israel, entretanto, se justificou a Samuel dizendo que ele sacrificaria tudo o que tinha poupado ao Senhor:

“Saul respondeu: ‘É verdade que os soldados pouparam o melhor das ovelhas e dos bois que pertenciam aos amalequitas. Mas eles vão sacrificá-los ao Senhor, seu Deus. Quanto ao resto, destruímos tudo.'”

1 Samuel 15:15

Samuel repreendeu Saul e questionou porque ele havia desobedecido a Deus, sendo que ele próprio sabia que era o Senhor que o capacitava para ser rei. Saul disse que havia cumprido com o que Deus tinha ordenado e o que haviam poupado seriam oferecidos como sacrifícios para Deus.

Samuel respondeu Saul com palavras fortes, que até hoje são bem conhecidas no meio cristão

“O que agrada mais ao Senhor: holocaustos e sacrifícios ou obediência à voz dele?

Ouça! A obediência é melhor que o sacrifício, e a submissão é melhor que ofertas de gordura de carneiro.

A rebeldia é um pecado tão grave quanto a feitiçaria e persistir no erro é um mal tão grave quanto adorar ídolos. Assim como você rejeitou a ordem do Senhor ele o rejeitou como rei.”

1 Samuel 15:22-23

Saul finalmente admite ter pecado e confessa que só fez isso porque estava com medo do povo e fez o que eles exigiram.

A grande questão

Pois bem, pode ser uma história de muitos anos atrás, mas acho que ela traz uma reflexão importante, pelo menos eu me impactei muito com ela. “Quantas vezes cumprimos a lei de Deus pela metade para agradar a homens?” essa foi a pergunta que ficou na minha cabeça depois de terminar de ler o capítulo. Quantas vezes eu deixei de cumprir completamente a lei do Senhor com a desculpa que depois eu O recompensaria pela obediência pela metade. Ou ainda, quantas vezes eu não cometi um pecado dizendo que ele não era assim um pecado e que depois eu poderia compensar isso? Pois é… Negociamos muito com Deus coisas que são inegociáveis e isso me entristece muito. O meu coração humano e a minha carne são fracos e eu ainda estou cheia de pecado dentro de mim. Entretanto, eu tenho uma esperança! Que é Cristo, que morreu por mim, ressuscitou vencendo a morte e quando Ele voltar vou receber um novo coração e viver eternamente com Ele no Reino, vivendo uma vida sem pecados! Maravilhoso, não?

“Pai, me perdoa por tantas vezes ter negociado valores que eram/são inegociáveis. Me ajude e capacite a viver com a visão do Reino que tudo que eu faça seja pra glorificar a Ti. Não permita que a vaidade ou a insegurança me dominem e me afastem de Ti. Me dá um coração igual ao Teu, que eu esteja sempre em sintonia Contigo e que as coisas que eu faço, não sejam para a minha glória ou para que as pessoas gostem de mim, mas para que o Senhor seja glorificado e conhecido, pois o Senhor é a Vida, o Senhor é a minha Liberdade. Em nome de Jesus, amém.”

Em amor, Dory ❤

Novas possibilidades

Olá! Como estão as coisas por aí? Espero que bem ^^ Antes de mais nada, peço perdão pelo texto ter atrasado um dia… Eu não passei muito bem ontem então acabei não publicando >< Mas hoje estou melhor e aqui está o texto da semana! Não se se pelo título você já descobriu qual o assunto de hoje, mas queria conversar sobre novas oportunidades e possibilidades 🙂

As limitações

Sabe, há um tempo atrás eu escrevi um texto sobre a gente querer limitar o que Deus pode ou não fazer a nossa vida e esses dias eu me vi em uma situação um pouco semelhante. Ultimamente eu tenho me aventurado em novas plataformas pra produção de conteúdo, tanto que o episódio 2 do Podcast vai ao ar amanhã! E a vontade de experimentar e produzir mais conteúdo cresceu muito em mim. Entretanto, depois de pesquisar um pouco mais sobre outras plataformas e estudar elas, eu me peguei fazendo a seguinte pergunta:

“Será que eu não estou perdendo tempo e foco ao querer produzir conteúdo em outras plataformas?”

Eu estava com medo de estar investindo um tempo precioso em algo que não necessariamente era no que eu deveria estar investindo tempo e energia… Mas conversando com alguns amigos, percebi que não era bem assim.

Ampliando a visão

Em resumo, eu estava com medo de estar investindo em algo que não valesse a pena, mas a pergunta certa é: “Por que aprender aprender algo é perda de tempo?”. E conversando com alguns amigos me lembrei de um versículo até que bem famoso:

“Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos.”

Provérbios 16:9

O ponto é que eu tenho um plano, um “lugar” ao qual eu quero chegar, mas mesmo que Deus tenha colocado esse sonho no meu coração, o caminho pode não ser linear. É Deus quem dirige os nossos passos e mesmo quando nós não entendemos porque estamos vivendo tal situação ou porque estamos aprendendo “x” coisa, Deus consegue transformar tudo em bênção! Por isso, é importante ter um objetivo mas não limitar o que permitimos que Deus faça na nossa vida.

A visão completa

E além de saber que Deus pode transformar tudo em bênção, outra coisa que eu costumo esquecer muito é que apesar de eu ter um sonho que foi dado por Deus, eu não sei a totalidade dele. Ou seja, mesmo que eu saiba mais ou menos qual o meu objetivo, os planos de Deus são muito maiores do que os meus planos, por isso, às vezes algumas coisas podem parecer distrações ou perda de tempo, mas se foi um desejo dado pelo Pai, pode ir na paz que isso que agora parece inútil, vai ser muito útil no futuro!

E é isso 🙂 e você? Também está vivendo um momento parecido? Já viveu algo assim? Me conta nos comentários bora conversar um pouquinho!

Em amor, Dory ❤

Dory recomenda: Oko – Slow fashion!

Oi oi amigos! Como vocês estão? Espero que bem 🙂 Hoje o texto está um pouco diferente, mas espero que vocês gostem. Como vocês viram no título, o texto dessa vez é sobre uma marca que eu conheci há um tempo e que eu estou apaixonada ^^ tanto pelas roupas produzidas quanto pelos ideais.

Como eu conheci a OKO (@oko_oficial)

Até que é uma história simples, eu estava tranquila no meu instagram pessoal e de repente vejo uma amiga compartilhando nos stories dela fotos das roupas da OKO e, curiosa como sempre, eu entrei no perfil da loja e comecei a vasculhar. Além das roupas serem lidas e terem um estilo muito autêntico outra coisa me chamou muito a atenção, as palavras Slow Fashion. Eu não entendia muito bem, mas intuitivamente sabia que era uma boa coisa! Comprei minha primeira peça na Oko e fiquei extremamente satisfeita com a qualidade do produto! (Foto minha com a blusa abaixo hahaha). E depois de algumas semanas eu visitei de novo o perfil da loja e percebi que a blusa que eu havia comprado já não estava mais no feed e foi aí que eu entendi, depois que uma peça acaba, ela acaba. Achei aquilo incrível (eu sei que é uma coisa meio boba mas eu fiquei maravilhada!). Bom, mas ao invés de eu falar sobre a marca e o conceito Slow Fashion melhor a própria Karolina Yukari (fundadora da Oko) falar, né? Eu enviei algumas perguntas pra ela e gentilmente ela me respondeu, então vou compartilhar com vocês!

Ps: O que eu mais gosto nessa blusa é que ela é fofinha e muuuuito confortável! Um dia eu ainda posto uma foto de corpo inteiro com ela pra vocês verem os detalhes.

Mini entrevista

Você sempre quis ter uma marca própria?

No começo, não, nem me imaginava fazendo algo assim. Quando entrei na faculdade de moda comecei a costurar algumas peças, para uso próprio mesmo, e alguns amigos começaram a pedir. Então tive a ideia de criar uma marca, hoje meu maior sonho é ver a Oko crescer!

O que é Slow Fashion?

O Slow Fashion é o famoso “menos é mais”. Ele está diretamente ligado ao consumo consciente, a transparência com o cliente e o preço justo pelo trabalho de cada pessoa envolvida no processo da roupa. É comprar uma peça pela qualidade e não pelo preço.

Você costura cada uma das peças?

As da coleção sim!! Eu costuro, faço os ajustes necessário, todo processo até a entrega para o cliente. As camisetas básicas são de um fornecedor que conheço há algum tempo, e confio bastante no trabalho dele. Sempre procuro fornecedores nacionais e de qualidade.

Qual o seu maior sonho para a Oko?

Ver a marca crescer e andar sozinha. Gerar empregos, realizar sonhos… Que não seja só uma marca, que a Oko mude a vida das pessoas de maneira positiva, mesmo que de forma pequena, mas que faça a diferença.


E é isso galera! Espero que tenham gostado desse modelo diferente de texto e se vocês quiserem mais conteúdos como esse é só me avisar nos comentários! (Me senti Youtuber escrevendo isso hahaha) Se você ficou interessado na Oko e nas peças, dá um passada no perfil no insta da marca 🙂

Pss: eu fiz minha segunda compra na Oko recentemente e compartilhei nos stories do insta dory e ela está na foto de perfil. O primeiro que acertar (me enviar por inbox no insta) qual a peça que eu comprei, ganha um presentinho Dory 🙂

Em amor, Dory ❤

Novidades por aí!

Olá! Como você está? Espero que bem ^^ Por aqui tenho várias novidades pra contar, até porque eu fiquei sem escrever semana passada e muitas coisas acumularam hahaha. Antes de mais nada, vou explicar melhor porque ficamos sem post semana passada.

Explicação

Sendo bem direta, o que me “impediu” de escrever foi a dor. Não sei se todo mundo que acompanha o blog sabe, mas eu tenho um problema no joelho e por isso eu vou de tempos em tempos pro ortopedista. Algumas semanas atrás eu fui ao ortopedista com os exames de rotina que ele tinha me pedido e para a minha surpresa um dos meus ligamentos não estava aparecendo… A burra aqui tinha esquecido de pegar o laudo antes de ir pra consulta então tive que voltar na semana seguinte com ele e… Boooom! Ligamento parcialmente rompido… O que me leva a fazer uma cirurgia no final do mês 😛 Graças a Deus o plano de saúde vai cobrir, então não tem muito com o que se preocupar. A parte boa é que esse rompimento não tem relação com o meu problema no joelho, a parte ruim é que é mais um motivo pra eu sentir dor… Sexta e sábado passado eu tava com muita dor, então fiquei quietinha no meu canto sem fazer muita coisa. A dor só diminuiu quando eu fui na sogra da minha irmã que é acupunturista! Ela usou vários métodos pra tratar a dor e quando eu saí de lá estava novinha em folha HAHAHA 🙂 Foi a minha primeira vez então eu tava super nervosa, mas ficou tudo bem no final, só as as ventosas incomodaram um pouco, mas melhor sentir um incômodo do tratamento do que passar o dia todo com uma dor irritante 🙂

Novidades

Agora vem a parte legal! Como eu vinha falando pra vocês eu estava num emprego novo, sim estava, no passado. Eu tinha combinado com os meus chefes que faríamos um período de 30 dias de teste pra saber se eu me adaptava, já que era um serviço completamente diferente do que eu estava acostumada. Foram quase 30 dias de muito trabalho e aprendizado, e claro, muitas amizades novas ❤ eu não me arrependo nem um pouco de ter passado por lá. Conheci pessoas novas, aprendi muuuito sobre o mundo corporativo e o mais legal de tudo, descobri em mim um potencial que eu se quer desconfiava. Graças a esse potencial que eu descobri, eu saí da empresa com muita força de vontade e com muitas ideias pra por em prática! E aí entram os novos projetos da Dory 😉

(Alias! Se vocês têm curiosidade em saber onde eu trabalhava, clica aqui!)

Novos projetos

Se você me acompanha pelo Instagram provavelmente você já deve estar sabendo das novidades, mas aqui está uma listinha resumida do que vem por aí!

  • Textos em vídeo
    • Eu estou testando um novo modelo de publicação no feed do Instagram. A ideia é simples: fazer pequenos vídeos no IGTV lendo os textos que já foram publicados aqui no blog 🙂 eu ainda não estou 100% satisfeita com o resultado, mas estou pensando em como melhorar!
  • Podcast
    • Eu estava com muita vontade de criar um podcast já há um tempo, mas não tinha muita coragem hahaha eu me apegava a várias desculpas pra não criar, mas no fim cedi e foi uma das melhores decisões que eu tomei! Fiz um curso com o Carilinhos da Nabecast Network e aprendi muitas coisas legais e coloquei minha mão na massa 🙂 Eu já estou quase terminando o primeiro episódio, o qual provavelmente vai ao ar na segunda (05/10)! Fica ligado que quando o podcast estrear eu vou colocar nos stories ❤

E é isso pessoal 🙂 espero que vocês tenham gostado das novidades! Eu fico por aqui hoje, mas a tendência é a quantidade de conteúdo Dory crescer nas próximas semanas.

Ps: Muito obrigada a cada um que tem apoiado esse projeto incrível chamado “Oi eu sou a Dory” 🙂 Deus tem me guiado a caminhos incríveis e cada um de vocês é uma bênção na minha vida!

Em amor, Dory ❤

Paciência e graça

Oie! Como foi a semana por aí? Espero que bem 🙂 Essa semana foi uma semana cheia de emoções por aqui, e eu queria compartilhar um pouco sobre o que aprendi e o que o Pai tem moldado no meu coração ❤ Espero que essa pequena reflexão possa ser útil pra você também!

Cobrança

Como contei alguns posts atrás, eu comecei em um novo trabalho recentemente e tem sido uma experiência bem legal. Entretanto, o meu perfeccionismo e cobrança excessiva me fazem viver uma montanha russa todos os dias: em um momento estou muito feliz porque consegui fazer o meu trabalho bem e no outro estou extremamente ansiosa e sentindo uma culpa do tamanho do mundo porque não consegui entregar aquilo que esperava… Mas uma coisa que tenho aprendido nos últimos dias é que eu preciso ter paciência.

Paciência

E bem… Paciência é algo que muitas vezes falta na minha vida, não com os outros (às vezes sim) mas comigo mesma. Eu sei que é algo meio óbvio mas eu me frustro porque eu erro algo que na teoria eu sei. Por exemplo, eu estou aprendendo algo novo e erro uma primeira vez, meus amigos me ensinam o jeito certo e eu já espero fazer perfeitamente esse algo na próxima vez, sendo que na verdade a prática me leva a aprimorar minhas habilidades 🙂 Eu preciso ter paciência com o meu próprio processo de aprendizagem e lembrar da graça de Deus.

Graça

Quando eu era mais nova, eu costumava ir num acampamento cristão. E quando tive idade suficiente para ser parte da equipe, eu me cobrei muito para não falhar com os acampantes, pois vidas são preciosas e eu não queria estragar o acampamento de ninguém. Mas no fim daquela temporada eu olhei pra trás e percebi o quanto eu não consegui alcançar aquele padrão irreal, e o tamanho da graça de Deus. E a frase que mais me marcou foi: “Deus é maior que os meus erros”. Lógico que eu não vou errar de propósito só porque Deus é capaz de consertar as coisas, mas mesmo quando eu dou o meu máximo, eu não consigo alcançar a perfeição, porque eu sou imperfeita. Entretanto, Deus é maior que tudo, inclusive do meu erro, e eu posso confiar que Ele cuida de tudo!

Capacitação

Além de cuidar de cada coisa existente neste mundo, Deus também me capacita para que, a cada vez, eu melhore mais e mais me aprimorando e conseguindo realizar melhor cada uma das minhas tarefas. E uma coisa que tenho aprendido também, é que o processo importa! Também é no processo que eu conheço mais o meu Pai e me conheço, por isso desfrutar essa caminhada é essencial, mas difícil também…

Em amor, Dory ❤

A vulnerabilidade do herói

Oi oi! Como estão as coisas por aí? Espero que bem 🙂 por aqui as coisas estão bem. Pela graça de Deus essa semana eu consegui ter uma semana equilibrada, entre o trabalho, faculdade, lazer e família ❤ Foi muito bom! Espero conseguir manter esse equilíbrio nessa semana que vai começar também 🙂 Mas falando agora sobre o tema dessa semana, eu queria conversar um pouco sobre Boku no hero (ou My hero academia). Eu sei que já temos um texto só sobre esse anime, mas eu estava assistindo a última temporada que lançou e eu queria compartilhar algo que me veio a mente.

Sobre os heróis

Qual seria a sua resposta para a pergunta “O que é um herói”? Acho que eu responderia “é aquele que salva as pessoas”, mas me parece uma resposta muito vaga. Não sei você, mas eu tenho a impressão que quando falamos sobre heróis, nós logo pensamos em um ideal de pessoa forte e perfeita, não é? Eu acabo imaginando alguém extremamente forte que jamais se abate e sempre tem uma solução para os problemas, meio que alguém invulnerável. Mas será que os heróis são de fato assim?

A humanidade do herói

Enquanto eu assistia Boku no hero, uma coisa me intrigou… Por que eu sentia tanta empatia por aqueles heróis e alunos de heróis? Depois de pensar um pouco, cheguei a conclusão que a empatia era resultado da humanidade presente e visível naqueles personagens. Apesar de possuírem poderes sobre-humanos, cada um deles continuava a ser humano, assim como eu e você! Eles carregavam consigo as suas inseguranças, sonhos, decepções, ambições e medos. Muitas vezes acabamos criando o esteriótipo de um herói intangível, que sempre está bem e que sempre faz tudo certo, mas a verdade (até porque, temos heróis no mundo real também 🙂 ) é que quando criamos essa expectativas condenamos a nós mesmos e os próprios heróis a uma queda ao mundo da realidade e decepção quando percebemos que os heróis são gente como a gente.

Um herói como nós!

Além dos heróis dos quadrinhos e animações, também temos heróis no mundo real, e um dos que eu mais acho que se encaixa na categoria herói é Jesus. Ele foi alguém que realmente mudou o mundo e de fato salvou a humanidade! A única diferença entre Ele e nós é que Jesus nunca pecou, mas a parte de sentir tristeza, insegurança e tantos outros sentimentos é real, e isso é assim porque Jesus se fez humano por nós! Não é uma coisa maravilhosa? O Deus do universo se fez humano como nós, pra nos salvar de nossa própria maldade, e por ser Deus e humano ao mesmo tempo, Jesus experimentou exatamente o que experimentamos hoje. Um versículo que fala sobre é esse daqui:

“Nosso Sumo Sacerdote entende as nossas fraquezas, pois enfrentou as mesmas tentações que nós, mas nunca pecou.”

Hebreus 4:14

Neste versículo, o autor de Hebreus chama Jesus de Sumo Sacerdote porque no antigo testamento o intermediário entre Deus e o povo de Deus era o sumo sacerdote do templo. Como Jesus restaurou nosso relacionamento com Deus e hoje temos acesso direto ao Pai, através da morte e ressurreição de Cristo, Jesus se tornou o Sumo Sacerdote supremo, o maior de todos! Tanto que o versículo seguinte diz assim:

“Assim, aproximemo-nos com toda confiança do trono da graça, onde recebemos misericórdia e encontramos graça para nos ajudar quando for preciso.”

Hebreus 4:5

Porque Jesus se sacrificou pelo nosso pecado, hoje, nós temos essa coragem de chegar e conversar com o Senhor de forma direta e também possuímos a esperança da restauração e da vida eterna em Cristo 🙂

Que a gente nunca se esqueça que Jesus não é um Senhor distante, mas sim um Senhor próximo e que conhece as nossas dores e dificuldade e que todas as vezes que nos sentirmos derrotados e esgotados, nos lembremos do nosso lugar de descanso e graça em Cristo!

Em amor, Dory ❤

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: